Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Susano Correia: inquietações do ser frente a si próprio

28/03/2022

Artista visual, famoso na internet com suas pinturas sobre questões existências e psicológicas, está com exposição inédita em São Paulo.

Com mais de 400 mil seguidores no Instagram, o artista visual Susano Correia é conhecido nas redes por suas pinturas a óleo que abordam questões existenciais e psicológicas. Sua pesquisa é voltada a aspectos comuns na vida da maioria das pessoas, como vida, morte, amor, solidão, saudade e perda – inquietações que nascem da relação do sujeito com ele mesmo. Outra característica marcante é a sua representação do ser humano. A figura, sempre com semblante melancólico, não possui identidade definida. Assim, ela pode ser várias ou apenas uma só, inclusive a de quem a observa. Susano complementa:

“A intenção com o personagem é vestir as angústias de uma maneira subjetiva, para que as pessoas sintam empatia e identificação. É para todos e para ninguém. Minha inspiração é a vida: a experiência humana como um todo.”

Natural de Florianópolis, o artista estreou recentemente sua primeira exposição em São Paulo, onde mora desde 2019. Batizada de “À Melancolia”, a mostra reúne 80 obras, entre pinturas, desenhos, gravuras e esculturas. Realizada na galeria Objectos do Olhar, a exposição gratuita vai até o dia 5 de abril (veja o serviço abaixo).

Em entrevista à Emerge, Suzano conta que a mostra tem influência na vida e obra do filósofo alemão Friedrich Nietzche (1844-1900), autor de textos críticos ao cristianismo, moral e cultura contemporânea. A referência está explicita já no nome da exposição, “À melancolia” é o título de antologia poética do filósofo, cuja edição em português tem ilustrações de Susano.

Além de Nietzche, o catarinense também se debruça sobre a psicanálise, a literatura e a música para desenvolver suas criações. Ele destaca o autor russo Fiódor Dostoiévski, o cantor João Gilbert e a banda Novos Baianos.

LEIA TAMBÉM: Corpos como tela com Bianca Foratori

DEMOCRATIZAÇÃO DA ARTE

Susano desenvolve uma linguagem pictórica contemporânea, com preocupações didáticas, e usa meios democráticos para expor seus trabalhos ao grande público. Desde 2008, o artista disponibiliza suas obras na internet, o que impulsionou muito a exposição dos trabalhos para o grande público. A universalização pictórica digital também fez com desenhos do artista se materializassem como tatuagens nos corpos de outras pessoas.

“É bem positivo ver meus desenhos sendo tatuados. É um consumo de arte que coloca as pessoas num contato íntimo de identificação. E dialoga com significantes da minha pesquisa: acessibilidade e universalização.”

SUSANO CORREIA, ARTISTA

Falando em democratização, no início de março, Susano foi o escolhido do júri popular na premiação do 16º Salão Nacional de Arte Contemporânea de Guarulhos, Categoria Desenho. Aos 33 anos e com mais de 25 exposições no currículo, o artista afirma que seu atual momento na carreira é a realização de um sonho. “E sigo sonhando”, finaliza ele.

SUSANO CORREIA EM SUA ATELIÊ

SERVIÇO

Exposição “À Melancolia” de Susano Correia
Data: 5 de março a 5 de abril
Horário: 11h às 20h, de terça a domingo
Local: Galeria Objectos do Olhar (Rua Augusta, 837)
Gratuita

IMAGENS: Acervo do artista

Quem escreveu

Italo Rufino

Italo Rufino

Jornalista pós-graduado em marketing com dez anos de experiência. Trabalhou na revista Exame PME (Editora Abril), nos sites Diário do Comércio e Projeto Draft e na ONG de urbanismo social A Cidade Precisa de Você. Natural de Diadema (RMSP). Pai de uma criança de 10 anos. Fundador da Emerge.

Inscreva-se na nossa

newsletter

MATÉRIAS MAIS LIDAS

ÚLTIMAS MATÉRIAS

NEWSLETTER EMERGE MAG

Os principais conteúdos, debates e assuntos de cultura, direitos humanos e economia criativa interseccional no seu e-mail. Envio quinzenal, às quartas-feiras.